HISTÓRIA DO MOVIMENTO FEMINISTA

Oi galera, eu voltei!

Estou aqui  para postar  um pouco da história do movimento feminista para vocês, porque pra ser sincera eu já estou ficando cansada de ouvir comentários preconceituosos até mesmo das próprias mulheres a respeito do feminismo, então antes de criticar que tal conhecer? 

tumblr_no5g87Bd6z1uu7wj8o1_400

O feminismo, movimento reivindicatório, teve origem no ano de 1848, na convenção de direitos da mulher, em Nova York. Se ocasionou das grandes revoluções, entre todas, da Revolução Francesa, que carregava o lema “Igualdade, Liberdade e Fraternidade”, defendido pelas feministas, também. Pois elas acreditam que os valores sociais e políticos aderidos pelas revoluções deveriam ser aplicados a elas como cidadãs.

Esses movimentos são, acima de tudo, de cunho políticos, cuja a principal meta é a igualdade entre homens e mulheres garantindo uma parcela equivalente a dos homens na sociedade. São movimentos intelectuais que tentam mudar a ideia de que há uma diferença entre os gêneros e isso existe em todas as culturas humanas.

Essa luta não parou com o equilíbrio das condições de trabalho entre os gêneros. Trata-se de mudar a visão de que a mulher é mais frágil que o homem.

O movimento feminista se intensificou na Revolução Industrial, assim que as mulheres começaram a assumir jornadas de trabalho.

Ao contrario do que algumas pensam, o feminismo não tem objetivo destruir as tradições e a família, mas sim conseguir a igualdade entre homens e mulheres.

 

 tumblr_no5ftmHLHs1uu7wj8o1_r1_400

FEMINISMO NO SÉCULO XIX E XX

No fim do século XlX, ocorreu a chamada primeira onda feminista, ou seja, uma grande atividade feminista desenvolvida no Reino Unido e nos Estados Unidos, foi neste momento em que se consolidou em torno da luta pela igualdade de direitos, protestaram contra as diferenças contratuais, a diferença na capacidade de conquistar propriedades e contra os casamentos arranjados que ignoravam os direitos de escolha e os sentimentos das mulheres.

As mulheres começam a lutar por igualdade desde 1970, ano da revolução feminista, quando conseguiram alguns dos direitos mais importantes, não acabando com o machismo na sociedade, mas o reduzindo em grade número. Em 1975, foi declarado o ano da mulher, e a cada 10 anos celebram unindo as mesmas que tentam melhorar o seu papel na sociedade com uma convenção mundial.

A partir da revolução industrial, a realização dos trabalhos feitos pelas mulheres manualmente e gratuitamente, mudou, pois, as mesmas conseguiram trabalhos em fábricas, com um salário, começando a independência, mesmo com as condições não tão boas, e os salários baixos ainda sendo controlados pelos maridos. As mulheres de classe média e alta ficavam em casa para mostrar as pessoas o sucesso de seus maridos com respeito ao trabalho.

As mulheres cultas e reformistas de classe média eram as dirigentes nos grupos feministas. A primeira convenção dos direitos da mulher foi dirigida por Lucretia Molt e Elizabeth Cady Stanton, em Séneca Falls, que buscavam igualdade de direitos, incluindo o de voto e o fim da dupla moralidade.

No século XX, os papéis desempenhados pela mulher aumentaram quando algumas se inseriram em uma sociedade industrial, onde assumiram uma gama diversa de postos de trabalho. Apesar disso, a esfera da mulher ligada ao lar continuava a ter sua força hegemônica. Neste período tínhamos diversificação dos feminismos, do mais comportado até o mais incisivo, assim dividindo o feminismo em: Individualista, liberal e radical.

Diferente dos outros países, que as mulheres estavam lutando contra a discriminação de gêneros e pelo igualdade de direitos, o Brasil lidou com situações diferentes, por conta da conjuntura histórica, que fez com que o movimento lutasse contra a ditadura militar e a censura.

 

Anúncios

Carpe Diem (parte 01)

Imagem

Escrevo este breve conto para emocionar-lhes com a história de dois jovens imaturos, levados e complicados, que se apaixonaram perdidamente em suas férias de verão, e então decidiram viver esse grande amor e lutar contra a distância, os desejos da juventude, e contra todo e qualquer impedimento lançado para destruir essa união.

O mais engraçado é que logo de inicio eles já começaram com diversos problemas, um suposto relacionamento envolvendo Daniel não havia sido terminado corretamente, e foi aonde tudo começou a se complicar, para no final descomplicar e uni-los mais uma vez, nessa louca paixão, cheia de altos e baixos, amores e desamores, desejos quase proibidos, e um forte sentimento que no final surpreenderia a todos com um triste fim, mas que se tornou uma grande e linda história de amor.

CONTINUA

Resenha: Um gato de rua chamado Bob | James Bowen

Título: Um gato de rua chamado Bob
Autor: James Bowen
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581631523
Ano: 2013

Sinopse

Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).

Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.

Resenha

James Bowen teve seus problemas com as drogas e por isso achava que sua vida seria “mais uma”. Morava em Londres e trabalhava tocando nas praças e nas ruas, quem olhasse para ele poderia muito bem dizer “Para esse cara, não tem jeito”. A história começa quando James encontra um gatinho na porta do apartamento de um vizinho. O gato tem um olhar inteligente e astuto e parece ser um gato de rua. James esta passando por uma fase difícil, tentando se ver livre do vício da heroína e tocando em praças para ganhar o seu sustento. James nunca foi responsável por ninguém e não se acha muito capaz de cuidar do felino, mas fica tocado pelo jeito de ser de Bob e resolve lhe dar um teto, pelo menos por um tempo.

“A lâmpada fluorescente no corredor estava queimada e parte do térreo
estava imersa na escuridão, mas, enquanto caminhávamos para a escada, não
pude deixar de notar um par de olhos brilhantes nas sombras. Quando ouvi um
miado suave e ligeiramente melancólico, percebi o que era.
Chegando mais perto, à meia-luz, vi um gato laranja enrolado sobre o
capacho de um dos apartamentos do andar térreo, no corredor que partia do
corredor principal. Cresci em meio a gatos e sempre tive certa queda por eles.
Ao me mover até ele para olhá-lo melhor, constatei que se tratava de um macho.”

James não poderia ter um gato, mal cuidava de si próprio… mas como o coração sempre fala mais alto, ele acabou pegando o gatinho e cuidando das feridas dele. No começo Bob se sentia um pouco desconfortável e procurava um lugar em que pudesse ficar tranquilamente. Com Bob, as pessoas pareciam finalmente notar James. Era como se Bob fosse um imã. Foi então que as coisas começaram a mudar da vida do ex-morador de rua. A vida não se tornou mais fácil, pareceu até complicar um pouco mais, mas com Bob, como seu companheiro, a vida ganhava um sentindo novo.

“Ninguém havia conversado comigo nas ruas próximas a meu apartamento em todos os meses em que eu vivera ali. Era estranho, mas também incrível. Era como se minha capa de invisibilidade de Harry Potter houvesse deslizado de meus ombros.”

A amizade que é desenvolvida é um exemplo a seguir, de lealdade e de confiança. É lindo o quanto vemos esse relacionamento se desenvolver.
A narração do livro é fantástica, simples, direta e sem objetivo de ser literária, apenas uma narração de fatos que nos faz crer e perceber o jeito que a vida dá segunda chances.
“Era como se alguém houvesse puxado as cortinas e lançado um pouco da luz do sol em minha vida. É claro que, de certa forma, alguém havia feito isso mesmo.”
O livro nos reserva uma lição tocante sobre a vida e o quanto o amor por alguém (sendo ele humano ou animal) pode influenciar positivamente na nossa vontade de viver e evoluir. James diz no começo do livro que a vida é cheia de segundas chances, de oportunidades que nos são dadas todos os dias, mas que costumamos não vê-las, ou ignorá-las, uma verdade na qual acredito, e que, às vezes costumo esquecer.
“Estava realmente tentando ganhar a vida. Só porque não estava usando um terno e uma gravata e carregava uma pasta ou um computador, só porque não tinha um holerite e os documentos de rescisão de trabalho, não significava que estava vivendo à custa dos outros.”
Recomendo este livro a todos que gostam de gatos, e àqueles que têm um bichinho de estimação e sabe quão importantes e influentes eles podem ser em nossas vidas. A história é inspiradora e tocante!
“Bob é meu melhor amigo e foi quem me guiou em
direção a um modo de vida diferente — e melhor. Ele não exige nada de
complicado ou irreal em troca. Só precisa que eu cuide dele. E é isso que eu
faço.”
                                   

Top 05 – Heloisa Rosa

Oi galera!
O top 05 está de volta, e hoje ele veio para abençoar sua família com as músicas da adoradora Heloisa Rosa.
Heloisa Rosa é uma cantora gospel brasileira nascida em Belo Horizonte, possui quatro álbuns solos gravados com participações de diversos cantores da música gospel, entre eles está David Quinlan e Pr Ântonio Cirillo. É casada com Marcus Grubet e atualmente reside em Curitiba-PR.
Heloisa Rosa já participou do Ministério Santa Geração, do querido Pastor Ântonio Cirillo, também cantou canções com David Quinlan, com Fernandinho, Clamor pelas Nações, entre vários outros. Uma das participações da Heloisa Rosa de maior sucesso foi na música abraça-me de David Quinlan. Foi através dessa música que muitas outras pessoas conheceram seu trabalho.
Pois bem, você já sabe muito da história de vida da nossa abençoada Heloisa Rosa, agora não perca tempo e curta o som do top 05 que está abençoadíssimo!
Beijos da Isa do blog, fiquem com Deus 🙂





Abraça-me forte e diz que vai ficar aqui pra sempre!

Eu não sei o que você fez comigo, você me deixou totalmente dependente de você. Eu nunca fiquei tão apaixonada por uma pessoa assim, como pode? Eu a rainha das experiências, a menina que vive praticando o desapego me apaixonar por um menino que me deu um beijo de 12 segundos? Não isso não deve estar acontecendo comigo.
E o pior de tudo é que eu gosto do seu jeito, gosto da tua voz rouca e do teu cheiro de homem. Gosto dos teus braços é neles que me sinto protegida. O problema é que eu tenho medo de amar e você também. Somos nós dois com corações quebrados buscando alguém pra concertar, mas será que vamos conseguir? Será que vamos conseguir concertar o coração um do outro? Será que vamos conseguir deixar todas as marcas do passado e construir uma história juntos? E sabe de uma coisa, ISSO ERA TUDO QUE EU MAIS QUERIA! Tudo o que eu mais queria nesse exato momento é te fazer feliz, é te amar, é ser a mulher da tua vida, mas e você vai deixar? Vai me deixar fazer parte da tua história? Vai me deixar te amar loucamente até que o dia amanheça?
Não faz nem uma semana que não te vejo e já desejo loucamente teu corpo colado ao meu. E depois você ainda me pergunta o porquê de te evitar tanto? É MEDO, medo porque te quero e quanto mais eu te quero mais eu te evito, é a realidade. Eu vou te evitar pra querer demonstrar que não preciso de você quando na verdade eu preciso mais do que nunca. Na verdade você é tudo que eu preciso aqui e agora.
Eu to com medo, eu to com muito medo de esse amor acabar me matando, porque quanto mais eu me prendo, mas eu sofro, mas e se eu decidir voar? E se eu decidir voar com você o que poderia acontecer? Dois pássaros sem dono querendo amor, carinho e atenção. É acho que pode dar certo, e é isso que vou fazer, vou deixar esse medo de lado e ir atrás de você. Essa pode ser minha última oportunidade e acredite-me não vou abrir mão, vou correndo te buscar pros meus braços, é eu quero você, eu quero você aqui pra sempre, e é isso que eu vou fazer vou te buscar pra ficar aqui pra sempre perto de mim.

Imagem

 

Por: Isa Melo

“Xerazade”

Segundo a lenda Xerazade era uma mulher linda e de uma inteligência surpreendente. Ela conseguiu se manter viva contando histórias fantásticas para um rei muito maldoso.

Ele queria matá-la a qualquer custo, pois teria sofrido uma traição de sua ex-mulher e depois disso todas as mulheres que ele possuía ele matava depois, mas todas as vezes que ele ia se deitar com Xerazade ela contava uma história a ele, então o rei não conseguia ter Xerazade em seus braços. Xerazade poderia ser mais uma a ser morta, mas com suas inteligência surpreendente Xerazade o conquistou contando histórias para ele todas as noites, foram 1001 noites de história até ela dizer ao rei que não tinha mais história alguma para contar e se ele quisesse possuí-la e matá-la que fizesse isso logo de uma vez. Mas o rei surpreso com sua atitude disse que não á mataria, pois não conseguiria viver sem ela. Então os dois foram felizes até que o último suspiro se foi de cada um deles.

Imagem

 

Lição da história: Não basta só ser linda, a mulher tem que ser inteligente! Desde a antiguidade as mulheres vêm surpreendo cada vez mais os homens com sua rápida forma de pensar e de agir. Por isso busque sempre saber mais, busque sempre estar informada de tudo, pois a beleza passa, mas a sabedoria nos acompanha até o fim de nossas vidas. Além de linda seja uma mulher sábia! A sabedoria surpreende qualquer um, acredite.

 

Beijos da Isa do blog 🙂

 

Hoje eu decidi, eu vou mudar!

Só não diga que me ama, não, não diga isso.

Eu não suportaria ouvir isso de você, eu tenho medo do amor. Eu fujo do amor, e o amor sempre vem atrás de mim. Porque alguém deve me amar? Eu sou problemática, depressiva e bipolar e mesmo assim as pessoas insistem em tentar me amar. O amor é tão perfeito e eu tão imperfeita, eu sou cheia de defeitos e o amor não. Eu sempre magoo todo mundo e as pessoas nunca desistem de me amar. Todo mundo quer me descobrir e é disso que eu tenho medo, que alguém consiga ir lá no fundo e descobrir tudo que se passa nessa minha vida. E eu não quero que ninguém me descubra, eu quero continuar vivendo com essa capa, porque eu não quero que as pessoas percebam que eu sou fraca em vários aspectos, eu não quero que as pessoas percebam que eu perco o rumo quando recebo um abraço, eu não quero que as pessoas percebam que eu sou carente e por isso fujo tanto do amor.

A realidade é que nós sempre fugimos do que mais precisamos e eu estou mais uma vez fugindo do amor, fugindo do sentimento mais puro que existe, do sentimento que realmente eu gostaria de sentir e me entregar, mas esse medo não deixa esse medo que acaba com meus sonhos e me bloqueia de amar e ser amada, eu estou tentando vencer esse medo e eu sei que vou conseguir, e quando eu conseguir eu vou ser realmente feliz. Quando eu parar de me afastar e começar a me aproximar mais, rir mais e me entregar mais eu vou amar, eu sei que vou. Mas pra isso eu tenho que mudar, e que tal não começar hoje? É o melhor a se fazer!

Decidi abandonar todo esse mal e começar uma nova história, chega de tanto interromper uma vida que poderia ser a mais feliz possível, hoje eu decidi abrir os braços pra vida e aceitar o amor, e sei que ainda dá tempo de amar, de construir uma nova história e de ser feliz, e vocês me desejam sorte? Espero que sim.

HOJE EU DECIDI, EU VOU AMAR E SER FELIZ!

Imagem

Por: Isa Melo